segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Saldo do Dia - Ironias da guerra

Boa noite!
O Brasil fez hoje a sua estreia como protagonista da guerra comercial de Donald Trump contra o mundo. Pela manhã, como você já cansou de ler e ouvir por aí (se não for o seu caso, confira aqui), o presidente americano avisou pelo Twitter que irá taxar aço e alumínio importados do país e da Argentina , como retaliação pela desvalorização da moeda desses dois países.

Detalhe irônico: é sobretudo e justamente por causa da guerra da tarifas iniciada por Trump contra a China, em março de 2018, que a moeda dos emergentes tem se desvalorizado ante o dólar - o que, segundo Trump, é feito em detrimento dos produtores americanos. No caso do Brasil, a alta do dólar no período foi de nada menos que 27%.
Seja como for, a notícia passou praticamente batida no mercado financeiro do Brasil.
Mais uma ironia: parte importante da exportação do setor nacional de mineração e siderurgia não tem como destino os Estados Unidos, mas, entre outros lugares, o inimigo número 1 de Trump, a China. E Pequim anunciou hoje a quarta expansão seguida de sua produção industrial em novembro, enquanto os americanos comunicaram uma retração da indústria ainda maior da que já era esperada por analistas.

No fim do pregão, quem liderava as altas do Ibovespa era justamente uma gigante da siderurgia nacional, a CSN - leia aqui quem mais subiu e desceu nesta sessão ou ouça o resumo das primeiras emoções de dezembro no nosso boletim diário na CBN.
Ironias à parte, ou nem tanto, quem tem motivo para brindar hoje é quem tem Ambev na carteira de ações. A companhia irá pagar R$ 7,71 bilhões aos seus acionistas. Terá direito ao seu quinhão quem comprar papéis da empresa até o próximo dia 19 - veja aqui todos detalhes .
E quem traz a vocês a última do dia é a Weruska Goeking. Ela mostra que os rendimentos do Tesouro Direto derraparam em novembro. No entanto, essa escorregada não indica, necessariamente, prejuízo.

Amanhã, além do resultado do PIB nacional no terceiro trimestre, você confere com a Nathália Larghi quais são as 10 ações do Ibovespa mais indicadas para compra em dezembro. Tem varejista assumindo o lugar de bancão na Carteira Valor, mas você saberá quem entrou no lugar de quem quando acordar.

Por ora, veja abaixo outros destaques do dia!

Aquele abraço,
Gustavo Ferreira, repórter do Valorinveste.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário