terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

POLÊMICA NO FUTEBOL: Presidente da FPF defende execução de membros envolvidos em briga de torcidas


foto: whatsapp
Polícia militar foi acionada para conter tumulto em festa do Santa Cruz, no Centro do Recife, nesta segunda (3) — Foto: Reprodução/WhatsApp
Polêmica no futebol pernambucano.
O presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, defendeu, durante em entrevista à Rádio Jornal, que a Polícia Militar de Pernambuco deveria ter a autorização para matar os vândalos que provocaram o tumulto na última segunda (3), no Pátio de Santa Cruz, na Boa Vista, durante uma festa em comemoração ao aniversário de 106 anos do Santa Cruz.
A confusão teria sido provocada por uma torcida organizada do Sport.
“Eles são um câncer que não conseguimos resolver. Atribuo a culpa exclusivamente ao Congresso Nacional. Com essas leis frouxas, inadequadas, nós ficamos reféns dos marginais. São criminosos que se utilizam do evento do futebol ou da existência de uma entidade para extravasar essa chaga social. A Polícia Militar precisa ser elogiada. Eu lamento apenas que ela tenha atirado para cima. O ideal é que tivessem atirado neles para matar. Teríamos hoje 30, 40 bandidos a menos", bradou o dirigente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário