terça-feira, 6 de outubro de 2020

Impasse pela paternidade do Projeto Seridó emperra obra que beneficiará 300 mil pessoas

O Projeto Seridó, elaborado pela Secretaria Estadual dos Recursos Hídricos, está parado porque tanto o Estado, quanto o Governo Federal, querem a execução da obra.
Hoje, na Assembleia Legislativa, o deputado Nélter Queiroz (MDB) perguntou ao colega Francisco do PT se a governadora abriria mão da execução em prol do governo federal?
Projeto Seridó: Governo do RN reforça experiência técnica e propõe parceria com União
Segundo o deputado Francisco, em nenhum momento a governadora Fátima será obstáculo para a execução da obra. O que interessa é que o projeto seja feito para o desenvolvimento do estado, disse.
O projeto será entregue ao ministro Rogério Marinho, informou o deputado  Nélter Queiroz citando declaração do seu colega Francisco do PT. "A governadora Fátima usou o bom senso", disse ele.
O Projeto Seridó propõe a construção de 300 Km de adutoras que beneficiarão 25 municípios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário