Home

A Precisa Medicamentos, empresa investigada pela CPI da Pandemia do Senado e que estava negociando a venda de vacinas com servidores do Ministério da Saúde, arrecadou pelo menos R$ 9,5 milhões vendendo o imunizante a 59 clínicas privadas no início do ano, segundo documentos obtidos pela comissão. 

As empresas pagaram um “sinal” de 10%, mas ficaram sem a vacina, que estava prevista para abril, porque a Anvisa não liberou o imunizante e o Congresso não aprovou clínicas privadas vacinarem seus clientes contra Covid-19.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner

Anúncio Publicitário

header ads