terça-feira, 10 de agosto de 2021

CCJ rejeita Piso dos Enfermeiros

A Comissão de Constituição Justiça e Redação da Assembleia Legislativa do RN acaba de rejeitar o projeto do deputado Jacó Jácome (PSD) que estabelece o Piso Salarial de Enfermeiros e Técnicos de Enfermagem. “Flagrantemente inconstitucional, embora justo”, disse o deputado Hermano Morais (PSB), relator da matéria. 

Hermano disse que os deputados estaduais não tem essa prerrogativa de instituir o Piso Salarial, que é do Executivo. “Por inconstitucionalidade e risco formal, meu parecer contrário ao projeto”, falou. 

Acompanharam o relator todos os demais deputados da Comissão: dep Galeno (PSD), Isola Dantas (PT), Deputado Eliabe (SDD), Albert Dickson (PROS) e deputado Raimundo Fernandes (PSDB).

12 comentários:

  1. Nenhuma novidade por parte desses deputados, pois alguns deles são médicos, donos de clínicas, e não dariam parecer favorável.

    ResponderExcluir
  2. Eles como deputados , tem seu piso, nós precisamos do nosso pena q só nos enchergam quando precisam de voto.

    ResponderExcluir
  3. Estou há 20 anos na enfermagem,fico triste com essa falta de reconhecimento!As eleições estão vindo aí....

    ResponderExcluir
  4. É bom que 2022🇧🇷 tem eleição, vamos lembrar disso.Vou compartilhar pra todos do RN, Corruptos

    ResponderExcluir
  5. É bom que 2022🇧🇷 tem eleição, vamos lembrar disso.Vou compartilhar pra todos do RN, Corruptos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade,temos q compartilhar ,pra todos saberem,quem é esses capetas

      Excluir
  6. E amigos quando temos amigos da enfermagem candidatos muitos não votam
    Pois dizem que não porque vai roubar e pensar só no seu bolso.tai o que ganhamos por não ter representante.

    ResponderExcluir
  7. Se depender de mim eu não voto em nenhum, prefiro anular. Só pensam neles bando de corruptos.

    ResponderExcluir
  8. Já sabia desde o começo que seria rejeitado. Inclusive o próprio deputado era ciente disso. Ela tava querendo um gancho pra aparecer. Se realmente quisesse ajudar a enfermagem, teria sentado com a classe o proposto um aumento do teto e não do piso. Se tivesse proposto um aumento na base que hj chega a 1100 reais aproximadamente, poderia aumentar aí pra 3300 o salário base que já seria o triplo e se instituiria esse valor pra todos os concursos públicos e não precisaríamos mais ter que ir pra um município ganhar 2000 enquanto outro paga 3000 e assim sucessivamente. Temos colegas aqui trabalhando no interior do estado ganhando 900 reais com os descontos. Isso é um absurdo. A proposta do deputado teria que ser nivelar os valores e aumentar o salário base. Aí daria certo. Claro que merecemos muito mais, porém seria algo aprovado e que traria benefícios futuros também.

    ResponderExcluir
  9. É uma vergonha,uma falta de respeito com uma classe profissional quê está a todo momento com a família do próximo.

    ResponderExcluir
  10. Todos são capetas , não é a casa do povo é a casa dos capetas.

    ResponderExcluir
  11. Já era esperado, mas vamos para 2022, vamos rejeitar também esses "representantes do povo"

    ResponderExcluir