Home

Após determinação da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) para alterar o sistema de plantões dos médicos que atuam no Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), a categoria solicita negociação ou afirma que terá paralisação dos serviços de atendimento no hospital, a partir da próxima semana.

Em assembleia realizada ontem (15), no Sindicato dos Médicos do RN, os profissionais relataram que uma regulamentação da EBSERH modifica, a partir do mês de outubro, os plantões para jornadas de 12h, 8h e até 4h, substituindo os plantões de 24h.

A medida desconsidera o Acordo Coletivo que garante aos médicos a realização de plantão com 24h e sacrifica os profissionais fazendo com que eles abram mão de outros vínculos para poder cumprir a jornada agora com horários fracionados.

Para que nem os médicos, nem os pacientes do HUOL sejam prejudicados, o Sinmed RN agendou audiência para negociação com o superintendente do Hospital, Stenio Gomes da Silveira, para a próxima terça-feira, 20/9.

Caso não haja avanço na negociação, os médicos prometem paralisação dos atendimentos por 24 horas.
Fonte: Sinmed

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner