Home

O Hospital Universitário Onofre Lopes – HUOL enfrenta uma das mais graves crises de sua história de 113 anos servindo ao RN.

Em documento assinado nesta terça-feira (08), diretores da unidade alegando “crise financeira e de abastecimento de insumos” resolveram propor à superintendência a tomada de medidas drásticas como: suspensão de internação por ambulatório e consultas, e o fechamento de três andares (1, 3 e 4) do Edifício Central de Internação (ECI).

Além disso, 09 leitos da UTI adulto serão fechados e funcionarão apenas 3 salas do centro cirúrgico geral. Também serão suspensas as biópsias, mielogramas, ultrassom, endoscopia e eletrencefalograma.

O documento não apresenta data de retorno dos serviços. O superintendente prof Stênio Gomes não se pronunciou sobre a proposta dos auxiliares.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner