Home

Recorde
Um servidor público de Alagoas conseguiu a proeza de acumular cargos públicos em 13 municípios, entre eles Jacuípe, Japaratinga, Jundiá e Porto Calvo, conforme denúncia anônima.

O promotor de Justiça do Ministério Público alagoano, Rodrigo Soares da Silva, da 2ª Promotoria de Justiça de Porto Calvo, encontrou indícios de que o servidor acumule cargos públicos em algumas dessas cidades.

A Constituição Federal permite a acumulação em três hipóteses: dois cargos de professor; um cargo de professor e outro técnico ou científico; ou dois cargos privativos de profissionais de saúde, com profissões regulamentadas.

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner