Home

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Eraldo Paiva, disse que as receitas do município perderam R$5 milhões este ano com a redução do ICMS sobre combustíveis, energia, etc...

Ele concedeu entrevista nesta quarta-feira (07) ao Jornal da Manhã comandado por Anna Ruth Dantas.

Apesar das dificuldades de sete meses de gestão, Eraldo disse que conseguiu cumpri desafios como o pagamento da folha de pessoal em dia, inclusive com reajustes; pagamento integral do Piso do Magistério de 33,24%, incluindo o retroativo;  convocação de servidores concursados, incluindo mais de 300 professores. Sobre o Piso da Enfermagem, o prefeito disse que vai pagar quando for autorizado, mas reconheceu que essa conta não deve ficar para os municípios. Para ele, o governo federal tem que dar sua contribuição. 

Sobre obras, o prefeito disse que foi dada autorização para a obra que liga o residencial Ruy Pereira ao bairro do Guajiru; e do novo hospital de SGA com mais de 130 leitos. "Um hospital não só para São Gonçalo, mas metropolitano. A obra está a todo vapor". 

A municipalização do transito de São Gonçalo do Amarante está sendo trabalhada pelo prefeito Eraldo. Os agentes de trânsito estão fazendo o curso para a implantação completa do Departamento Municipal do Trânsito - Demutran. 

Dia 13, Dia de Santa Luiza, será o pagamento da segunda parcela do 13° salário, disse Eraldo Paiva. 

O Movimento dos Prefeitos com a nova gestão federal vai levar o prefeito Eraldo Paiva a Brasília na próxima segunda-feira (13).

Poste um comentário

comente aqui..

Anúncio Publicitário

Banner