Home

GOVERNO DO RN
Imagem: internet 
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) Natal, por meio do Núcleo de Agravos Imunossuprimidos (NAI), pertencente ao Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), iniciou o esquema vacinal com dose única contra a infecção pelo Papilomavírus Humano (HPV) no município. A medida segue a Nota Técnica N.º 41/2024, publicada pelo Ministério da Saúde, recomendando a adoção da dose única após estudos que constataram a eficácia na proteção de uma única dose do imunizante.

“Existem diversos tipos de vírus do HPV e alguns deles podem causar doenças graves como o câncer do colo do útero, terceiro tipo de câncer mais diagnosticado em mulheres no Brasil. Então, a vacinação é uma grande aliada no combate a essas doenças, pois garante uma resposta maior para crianças e adolescentes caso tenham contato com o vírus quando estes iniciarem sua vida sexual”, comenta Rayanne Araújo, secretária adjunta de Atenção Integral à Saúde (SAD/AIS).

Incorporado no Calendário Nacional de Vacinação, do Programa Nacional de Imunizações (PNI), a recomendação da estratégia de imunização em dose única segue para crianças entre 9 e 14 anos que não receberam nenhuma dose do imunizante. A nota acrescenta também a inclusão de pessoas portadoras de papilomatose respiratória recorrente (PRR), como grupo prioritário da vacina HPV.

“Com relação à busca ativa e ampliação da vacinação para pessoas de até 19 anos, aguardamos orientação do Ministério da Saúde sobre quando acontecerá a busca, pois até o momento apenas os estados do norte do país estão autorizados a iniciarem a vacinação para este público. Importante ressaltar também que as pessoas que se enquadram como público prioritário mantém os mesmos esquemas de vacinação”, explica Veruska Ramos, chefe do Núcleo de Agravos Imunopreveníveis (NAI), reforçando ainda que crianças e adolescentes que receberam alguma dose da vacina HPV não precisam receber a segunda dose ou se vacinar novamente.

A adoção da dose única segue recomendação do Ministério da Saúde em concordância com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), com a intenção de incentivar uma maior adesão do público para a vacinação, visando o aumento da cobertura vacinal e inclusão, posteriormente, de outros públicos prioritários para a imunização.

Para se vacinar, os usuários do SUS do município podem procurar uma das Unidades Básicas de Saúde, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e de 13h às 15h, ou um dos pontos extras de vacinação, localizados nos Shoppings Midway Mall e Partage Norte Shopping, que funcionam de segunda a sexta-feira das 13h às 20h, e no sábado das 15h às 20h levando documento de identificação e cartão de vacina.

HPV
O Papilomavírus Humano (HPV) é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST), e uma das principais causas relacionadas a doenças como o câncer do colo do útero, de pênis, anus e boca.

A vacina contra o HPV é quadrivalente e protege contra os tipos virais 6, 11, 16 e 18 (os dois últimos tipos responsáveis por cerca de 71% dos casos de câncer de colo de útero e por mais da metade dos casos de outros cânceres relacionados ao HPV).

Poste um comentário

comente aqui..